top of page
Âncora 2
Âncora 1

Acredite na força da sua ação: aceite o desafio de passar um mês sem usar plástico


Psicoletores - É conosco
Fábio Fula - ativista criador do Psicoletores | Organização para preservação ambiental

Em 2011, a ativista ambiental Rebecca Prince-Ruiz, fundadora da Plastic Free Foundation, e a equipe do programa "Earth Carers" na Austrália, decidiram evitar o uso de plástico descartável durante um mês inteiro. O sucesso da iniciativa levou o grupo a repetir a ação no ano seguinte, engajando a comunidade. O movimento cresceu e hoje, o "Julho Sem Plástico" (Plastic Free July®) é um movimento global que incentiva as pessoas a fazerem parte da solução para a poluição plástica.


40% dos plásticos são descartados nos primeiros 20 minutos de uso

Embora eliminar completamente o plástico do nosso dia a dia possa parecer um desafio, adotar pequenas mudanças pode fazer uma grande diferença.


O Brasil é 4º maior produtor de lixo plástico no mundo, contando com 11,3 milhões de toneladas

Um "Julho Sem Plástico" é uma oportunidade de repensar nossos hábitos e fazer escolhas mais sustentáveis.


Podemos acabar com a poluição plástica criando uma economia circular

Segundo relatório do PNUMA (Fechando a torneira: como o mundo pode acabar com a poluição plástica e criar uma economia circular), a mudança para uma economia circular resultaria em uma economia de 1,27 trilhão de dólares, considerando custos e receitas de reciclagem. Outros 3,25 trilhões de dólares seriam economizados com externalidades evitadas, como saúde, clima, poluição do ar, degradação do ecossistema marinho e custos relacionados a litígios.


O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) pede três mudanças no mercado:


·        Reuso: A promoção de opções de reúso, incluindo garrafas reabastecíveis, dispensadores a granel, esquemas de caução, esquemas de devolução de embalagens etc., pode reduzir em 30% a poluição por plástico até 2040. Para concretizar seu potencial, os governos devem ajudar a criar modelos comerciais mais sólidos para os reutilizáveis. Reciclar:

·        Reduzir a poluição plástica em mais 20% até 2040 pode ser possível se a reciclagem se tornar um empreendimento mais estável e lucrativo. A remoção dos subsídios aos combustíveis fósseis, a aplicação de diretrizes de design para melhorar a reciclagem e outras medidas podem aumentar a parcela de plásticos economicamente recicláveis de 21% para 50%.

·        Reorientar e diversificar: a substituição cuidadosa de produtos, como embalagens plásticas, sachês e embalagens para viagem, por produtos feitos de materiais alternativos (como papel ou materiais compostáveis) pode proporcionar uma redução adicional de 17% na poluição plástica.


Desafio “Julho sem Plástico”: junte-se ao movimento global e faça a diferença!

Com algumas ações simples, podemos mudar nosso comportamento e reduzir significativamente a quantidade de plástico que consumimos e descartamos, contribuindo para um futuro mais limpo e saudável.


1. Use Sacolas Reutilizáveis Substitua as sacolas plásticas por alternativas reutilizáveis feitas de tecido ou outros materiais duráveis. Tenha sempre uma sacola reutilizável com você para evitar a necessidade de sacolas plásticas durante as compras.

2. Troque Garrafas de Plástico por Garrafas Reutilizáveis As garrafas de plástico descartáveis são uma grande fonte de poluição. Investir em uma garrafa de água reutilizável não apenas ajuda o meio ambiente, mas também pode ser mais saudável e econômico a longo prazo.

3. Evite Produtos com Embalagens Plásticas Opte por produtos que utilizem menos embalagens plásticas. Prefira frutas e vegetais a granel e escolha marcas que utilizem embalagens sustentáveis. Leve suas próprias embalagens reutilizáveis para comprar a granel em mercados locais.

4. Substitua Canudos Plásticos Os canudos de plástico são um dos itens mais comuns encontrados nos oceanos. Adote o uso de canudos de aço inoxidável, vidro ou bambu, que podem ser lavados e reutilizados.

5. Diga Não aos Talheres Descartáveis Quando fizer pedidos de comida para viagem, peça que não incluam talheres descartáveis. Em vez disso, utilize seus próprios talheres reutilizáveis.

6. Evite comprar frutas embaladas em plástico: a proteção ideal para as frutas são suas próprias cascas pois nenhuma delas demora 500 anos para se decompor como é o caso do plástico.

A poluição plástica pode ser reduzida em 80% até 2040 se os países e as empresas fizerem mudanças profundas nas políticas e no mercado usando as tecnologias existentes

Dados da matéria extraídos do Relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA)

Para alcançarmos esta redução de 80% da poluição plástica, serão necessárias ações como a definição de padrões de design e segurança para o descarte de resíduos plásticos não recicláveis, bem como sua implementação, e a responsabilização dos fabricantes por produtos que liberam microplásticos, entre outros.


O movimento "Julho sem Plástico" (Plastic Free July) visa conscientizar e incentivar as pessoas a reduzirem o uso de plásticos descartáveis.


Seja a mudança que você deseja ver no mundo e inspire outros a fazer o mesmo. Pequenos passos podem levar a grandes transformações!

Fábio Fula Psicoletores - É conosco
Foto: Fábio Fula - Psicoletores

Kommentarer


bottom of page