• É conosco

LIXO? ISSO NÃO EXISTE. TUDO SE APROVEITA


Descarte indevido - Portal É conosco

Quando você faz uma reforma em casa, geralmente paga pela instalação de uma caçamba, na qual é jogado o entulho da obra.

O material é depois levado embora, e pronto, problema resolvido, certo?


SÓ QUE NÃO


De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), lei em vigor desde 2010, a responsabilidade pelo descarte correto segue até o fechamento do ciclo. Ou seja, caso o conteúdo da caçamba seja descartado de maneira irregular, você, o contratante, pode ser multado, sofrer uma ação civil e até ser preso por desrespeito à lei ambiental.


A dica para se prevenir é pedir sempre à empresa de caçambas o Controle de Transporte de Resíduos (CTR), documento que comprova que o seu entulho será corretamente destinado.


De todo modo, fechar o ciclo da economia circular de maneira ideal não é fácil.


“A maioria das pessoas acredita que, a partir do momento que sai da sua casa, o entulho não é mais responsabilidade delas”,
Rafael Teixeira - ABRECON - Portal É conosco
Rafael Teixeira

É o que afirma Rafael Teixeira, diretor-conselheiro da Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abrecon) e diretor do grupo Rafa Entulhos.


Rafael fala com a propriedade de quem está há 20 anos no negócio de caçambas e faz 10 mil coletas por mês.


O Grupo Rafa Entulhos vem se expandindo, e hoje conta também com sete unidades da Luca Ambiental, que faz triagem dos resíduos, e mais recentemente, há três anos, abriu a Rafa Resolve, no ramo de transporte e logística.