top of page
Âncora 2
Âncora 1

Casas Inteligentes são sustentáveis, econômicas e podem reduzir o impacto no meio ambiente.


Smart House - É conosco

Imagem de chandlervid85 no Freepik

Também conhecidas como “Smart Homes”, elas tornam a vida mais conveniente, eficiente e segura, integrando tecnologia de ponta que reduzem as emissões de carbono associadas ao consumo de eletricidade e combustíveis fósseis.


Um bom negócio (também para o planeta)


O mercado de casas inteligentes é altamente competitivo com vários players importantes e, em 2021, foi avaliado em US$ 79,13 bilhões, e deverá atingir US$ 313,95 bilhões até 2027 (Fonte: Mordor Intelligence).


É conosco conheceu a Nice, empresa líder global em soluções de gestão doméstica, com produtos em mais de 100 países e que desenvolve sistemas para “Smart Home”.


Em linha com os objetivos da Agenda 2030 da ONU, a Nice vem apostando em sistemas que fomentam a redução do impacto ambiental, combatem o desperdício de energia e são produzidos com especial enfoque no equilíbrio ecológico do planeta.


"Ao automatizar processos e utilizar dados em tempo real, as casas inteligentes reduzem o impacto ambiental, e permitem um menor consumo de energia, água e gás, diminuindo os custos nas contas dos serviços”.

Hector Trabucco – Diretor Geral da Nice Brasil e LatAm


As Casas Inteligentes podem otimizar o gerenciamento da luz natural e do calor, implementando sistemas de controle de consumo de energia através de comandos que coordenam o aquecimento, o resfriamento, a iluminação e monitoramento de cargas elétricas.


Hector Trabucco alerta, ainda, sobre a importância de se priorizar o gerenciamento de recursos naturais e as práticas sustentáveis. “Ao adotar soluções domésticas inteligentes, como as diversas soluções com tecnologia de ponta oferecidas pela empresa, os proprietários de residências no Brasil ficam capacitados para assumir o controle e contribuir para um futuro mais verde”.

Yubii Home - É conosco

O coração da experiência de casa inteligente da Nice é o Yubii Home, um gateway que gerencia e se comunica com todos os dispositivos inteligentes - recebe dados de sensores, os processa e fornece uma saída para executar as ações apropriadas. Graças à integração com uma ampla gama de sensores, interfaces e sistemas de automação, o Yubii Home pode gerenciar e controlar todos os aplicativos domésticos, devido à sua compatibilidade com uma ampla gama de dispositivos de terceiros. Com o controle inteligente de aquecimento e iluminação e monitoramento de cargas elétricas, os usuários podem diminuir o consumo de energia doméstica, reduzir contas e minimizar o impacto no meio ambiente.


Walk the Talk


Certificação LEED - É conosco

A Nice inaugurou, em junho, sua nova sede no Brasil, que é também um dos centros internacionais de Pesquisa & Desenvolvimento do Grupo. Situado na cidade de Limeira, interior de São Paulo, foi projetado para obter a certificação LEED e concebido como uma smart factory, modelada nos princípios da Indústria 4.0, de acordo com uma abordagem de produção baseada no uso de novas tecnologias projetadas para melhorar as condições de trabalho, criar um modelo de negócios sustentável e aumentar a eficiência e a qualidade da produção das fábricas.


A partir do mapeamento preliminar da sua pegada de carbono, realizado em 2021, a Nice estabeleceu a meta de reduzir as emissões de CO2 provenientes do consumo de energia em 50% até 2025 e alcançar zero emissões de carbono até 2030, metas que delineiam uma trajetória de redução consistente com as metas internacionais para manter o aquecimento global abaixo de 2°C.


Algumas maneiras como uma casa inteligente pode contribuir para a sustentabilidade do planeta:


  • Economia de Energia: Sistemas de automação residencial permitem o monitoramento e controle eficiente do consumo de energia. Isso inclui o gerenciamento de iluminação, aquecimento, resfriamento e aparelhos elétricos, que podem ser ajustados de acordo com as necessidades, reduzindo o desperdício de energia.

  • Integração de Energias Renováveis: Muitas casas inteligentes são projetadas para integrar fontes de energia renovável, como painéis solares e sistemas de captação de água da chuva. Isso reduz a dependência de fontes de energia não renováveis e diminui a pegada de carbono da casa.

  • Controle de Resíduos: Sistemas de gerenciamento de resíduos inteligentes podem ajudar a otimizar a coleta e a reciclagem de resíduos, reduzindo o desperdício e incentivando práticas mais sustentáveis.

  • Eficiência Hídrica: A automação residencial pode monitorar o uso da água e permitir a configuração de sistemas de irrigação eficientes para jardins e paisagismo, contribuindo para a conservação da água.

  • Redução das Emissões de Carbono: O controle de dispositivos e sistemas de aquecimento, ventilação e ar-condicionado em uma casa inteligente ajuda a otimizar o uso de energia, reduzindo as emissões de carbono associadas ao consumo de eletricidade e combustíveis fósseis.

  • Mobilidade Sustentável: Algumas casas inteligentes estão integrando soluções de mobilidade sustentável, como estações de recarga para veículos elétricos, incentivando o uso de transportes mais ecológicos.

  • Consciência Ambiental: A capacidade de monitorar o consumo de recursos em tempo real por meio de aplicativos e dispositivos inteligentes ajuda os moradores a adotar um estilo de vida mais sustentável, tornando-os mais conscientes de seu impacto no meio ambiente.


Em resumo, a automação residencial não apenas torna a vida mais conveniente, mas também desempenha um papel fundamental na redução do consumo de recursos naturais e na mitigação das mudanças climáticas, contribuindo assim para a sustentabilidade do planeta.

 
ODS 11 - Cidades e comunidades Sustentáveis - É conosco




Comments


bottom of page