top of page
Âncora 2
Âncora 1

Comprometimento com o bem comum

Sempre em busca de iniciativas que inspirem mudanças de pensamentos e atitudes para que tenhamos um mundo melhor, É conosco conheceu um veículo de comunicação único em seu propósito de dar voz e representatividade às causas que permeiam nossa sociedade, destacando questões que muitas vezes são negligenciadas ou pouco exploradas pelos meios de comunicação tradicionais.

Observatório do Terceiro do Setor

O Observatório do Terceiro Setor, por meio de suas plataformas que alcançam mensalmente um público impressionante de mais de 1,7 milhão de pessoas, fortalece o diálogo entre as organizações da sociedade civil, as instituições governamentais, os setores privados e a população em geral e cria uma grande teia de cooperação, evidenciando os desafios, avanços e perspectivas no âmbito social, ambiental e humanitário.


As causas que o Observatório do Terceiro Setor defende


Na seção “Causas” do site do Observatório vemos que a agência divulga causas e projetos sociais, com foco na promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, na Economia Circular e nos Direitos Humanos. A organização acredita que defender essas três grandes causas, que englobam muitas outras, é fundamental para a construção de um mundo pautado em valores como sustentabilidade, tolerância e justiça social.


Visão sobre economia circular, uma causa de todos nós


Nos últimos séculos, o modelo econômico predominante na sociedade foi marcado pela extração indiscriminada dos recursos naturais, o incentivo ao consumo (muitas vezes de itens supérfluos) e o descarte inadequado de praticamente todo tipo de material. O desmatamento, a poluição do ar, de oceanos e rios, e o aquecimento global são algumas das consequências mais visíveis desse modelo de economia linear.


Como os recursos do planeta são limitados e esse modelo se mostrou insustentável para a sobrevivência humana no longo prazo, cada vez mais organizações – de todos os setores – têm investido em um novo tipo de modelo: o da economia circular.


A economia circular é baseada em conceitos como reduzir, reutilizar, remanufaturar, reciclar e restaurar. Isso significa que, nesse modelo, busca-se extrair menos recursos naturais, usar matéria-prima que já está disponível (como materiais reciclados, por exemplo) e descartar apenas aquilo que realmente não pode ser reaproveitado.


Quando a economia circular é adotada, a geração de lixo é reduzida drasticamente, já que boa parte daquilo que hoje é descartado pode ser reaproveitado de alguma forma. Equipamentos eletrônicos, por exemplo, nunca deveriam acabar no lixo comum.


A economia circular também incentiva o uso de fontes de energia renovável, como a energia solar, o consumo consciente, e o compartilhamento de itens que você não precisa realmente ter.


Para combater as mudanças climáticas e garantir um futuro melhor para as próximas gerações, é fundamental tornar a economia circular o modelo predominante, e é por isso que o Observatório tem trazido à tona discussões sobre o assunto e destacado o trabalho de empresas e organizações da sociedade civil comprometidas com a causa.

“O Observatório busca, incansavelmente, promover a conscientização e a ação coletiva em prol do desenvolvimento sustentável, enfrentando as problemáticas ambientais com rigor jornalístico e sensibilidade”.

Joel Scala, diretor executivo do Observatório do Terceiro Setor


Gabriel Higute / Observatório do Terceiro Setor
Foto: Gabriel Higute / Observatório do Terceiro Setor

Joel Scala, em 2012 buscou parcerias para a criação da agência de comunicação e em 2022 foi reconhecido pela revista Forbes Brasil (edição 98) como uma das 50 personalidades brasileiras que ganharam destaque a partir da maturidade, pela sua atuação em prol do terceiro setor.


Ao impulsionar a conscientização e o engajamento, o Observatório do Terceiro Setor desempenha um papel significativo na construção de uma sociedade mais justa, sustentável e consciente, que trabalha em prol de um futuro melhor para todos os seres que habitam nosso precioso planeta.


 
Objetivos de desenvolvimento sustentável






Opmerkingen


bottom of page