O planeta não pode esperar


Estreia do Documentário sobre um mundo agro mais sustentável, aconteceu dia 31/07/2022 na Unibes Cultural


O Documentário Campo & Sustentabilidade 2 – O amanhã é hoje, investiga quais as tecnologias que permitirão um agronegócio mais sustentável, mostrando um retrato amplo da situação da agricultura nacional.


A pré-estreia na Unibes Cultural, foi aberta ao público, e também teve transmissão on line nos Canais da Unibes e É conosco no YouTube.


Após a exibição foi realizada uma mesa de debates com alguns participantes do documentário. Veja aqui o bate papo completo:

Da esquerda para a direita: José Valverde - Especialista em Segurança Alimentar; Paula Galacini - Diretora de Cena; Warwick Manfrinato - Plant Inteligencia Ambiental e Paulo Bressiani - Criador|Gestor Fazenda CUBO.


Entrevistas com produtores rurais, ativistas, cientistas e pesquisadores, liderança indígena, técnicos da sustentabilidade e do agronegócio nos apresentam uma radiografia de como anda a produção de alimentos na Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa, trazendo características, problemas e soluções que muitas vezes estão longe das preocupações do cidadão urbano que desconhece como e onde é produzida a comida que chega a sua mesa



O audiovisual é uma poderosa ferramenta de entretenimento, informação e conscientização que pode ser usado com o objetivo de engajar a audiência nas questões da sustentabilidade. Um dos fóruns que exibe essas discussões é aqui no portal É Conosco, que sempre traz notícias, artigos e materiais relativos aos assuntos que envolvem a sustentabilidade e agenda ESG.


As questões trazidas por esse documentário retomam algumas discussões do percursor “Campo e Sustentabilidade 1 - Realidade ou utopia” (2020) que buscava respostas para a questão: Como alimentar 9 bilhões de pessoas de maneira sustentável?


Este novo trabalho, trouxe uma visão abrangente e ao mesmo tempo profunda identificando as tecnologias e boas práticas que farão diferença na produção agrícola com menos abertura de áreas, menos agroquímicos sem desmatamento ou desperdício de água e ainda buscando maior produtividade.


O documentário está alinhado com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 2, 6, 11, 12, 13 e 15, recebeu apoio institucional do THE NATURE CONSERVANCY e contou com patrocínio via Lei Rouanet do Rabobank Brasil. A produtora audiovisual Conteúdos Diversos é signatária da Rede Brasil do Pacto Global Mesa de debates: representantes do Rabobank, The Nature Conservancy e alguns participantes do documentário.


Veja aqui o trailer do documentário: